Começo com uma confissão: tinha um super preconceito com resort. Pré-conceito mesmo, já que nunca havia entrado em um, mas formei uma opinião negativa sobre resort e all-inclusive.

Isso porque pensava: não sou das mais gulosas – e resorts são conhecidos pelos bufês caprichados; era bailarina, mas nada esportiva – e nesses locais você tem uma infinidade de atividades esportivas não só à disposição como altamente estimuladas; apesar de carioca da gema, notarão pela minha cor nas fotos, que eu e sol não somos muito íntimos – e muitos destes hotéis ficam à beira-mar!

Até que fui à Bahia conhecer o Transamérica Comandatuba… O resort ocupa a ilha de Comandatuba, que faz parte do município de Una, na Bahia e tem seu próprio aeroporto no continente, com translados de apenas 10 minutos. É um lugar para se encantar assim que o avião pousa na enorme pista com apenas vegetação ao redor, de onde seguimos no ônibus até um píer, para embarcar nas grandes balsas . Ao se aproximar da ilha, já se vê baianas dançando à beira do cais e somos todos recebidos com colares artesanais, água de côco, água e espumante para um brinde alegre. Carrinhos de golfe transportam os hóspedes até a recepção para o organizadíssimo check in no qual, além de receber as chaves, tem-se acesso aos folhetos com a programação do dia. E o que não falta é o que fazer, inclusive a possibilidade de não fazer nada!

Bicicleta, aulas de circo, hidroginástica, dança dentro e fora d’água, musculação, aeróbica, tênis e golfe para não ficar parado. Mas se o objetivo é o oposto, ficar bem quietinho descansando, tem praia e piscina com bar e garçom mantendo a hidratação ou a diversão, com opções alcoólicas para maiores. Para garantir momentos de sossego, a criançada pode passar o dia inteirinho com os monitores, seguindo pelas atividades do resort preparadas especialmente para elas, que são divididas em grupos por faixa etária. Outra opção é contratar as baby sitters indicadas pelo resort. Elas passarão oito horas dedicadas ao seu filho, ou por período específico, para que você possa ter um jantar romântico com o maridão, enquanto o rebento é bem cuidado por uma pessoa que conhece bem o local.

E ainda digo mais? Pode deixar a galerinha sem culpa, pois os monitores, além de super atenciosos e divertidos, fazem as pausas para as refeições em horários pré-determinados. As crianças se divertem e ainda acabam arranjando novos amigos. Em julho, costuma acontecer o Milan Junior Camp, um acampamento de férias onde a turma pode treinar futebol com os italianos, com direito a uniforme oficial e rotina puxada , mas com diversão garantida.

Se você quer aproveitar as férias para ficar mais tempo com os filhotes, resort também é para você, já que as atividades esportivas podem ser feitas pela família. Tem saída de lancha, passeio ecológico e até o SPA tem serviços para adultos e crianças. Um verdadeiro mimo com uma sala montada exclusivamente para meninas e meninos que gostam de se cuidar. São massagens para todos e ainda manicure para as princesas de plantão.

A comida é um evento à parte! As três grandes refeições são servidas no restaurante Giardino, em bufê com opções para todo e qualquer gosto, inclusive para paladares difíceis, seja por não gostar de nada ou por adorar uma comidinha mais elaborada. No café da manhã sempre tem tapioca e omelete preparadas na hora e ao gosto do freguês, em todas as refeições há diversos sucos e  água de côco e os jantares são temáticos: tem noite italiana, do pescador, mineira e baiana, por exemplo. Para o momento ficar ainda mais gostoso e divertido, para as crianças tem um restaurante especial, o Beiju, onde o cardápio é feito pensando nelas e sob supervisão de nutricionista. E, deixando a vida das mães de bebês mais fácil, tem uma excelente Cozinha do Bebê, com todo o equipamento, infraestrutura e até suprimentos disponíveis: liquidificador, geladeira, forno de micro-ondas, frutas, leite e farinhas, tudo ao alcance dos hóspedes.

Eu e minha filha, já bem grandinha (18 anos), curtimos ótimos dias de sol em pleno inverno tropical, ficando à beira da piscina, comendo MUITO bem e ainda tentando gastar um pouco das tapiocas fazendo aulas de circo e pedalando pelo resort. E agora posso dizer: resort é uma boa pedida para uns dias em família!

Cynthia Jacques – Diretora Geral KIDS in

#ficaadica

– Opções de pacotes meia pensão, ou contratar hospedagem e pagar as refeições separadamente

– Existem várias atividades incluídas sem custo adicional, mas outras são pagas, como, por exemplo as aulas de surf, o muro de escalada e o SPA. Vale verificar antes

– Veja mais fotos no blog

www.transamerica.com.br

Responder