Com um jeito genuinamente brasileiro de apresentar grandes contos e fábulas infantis, a coleção “Era uma vez… em cordel”, da editora Globinho, que foi inaugurada com os livros “A peleja de Chapeuzinho Vermelho com o Lobo Mau” e “O coelho e o jabuti”, ganha título do poeta Arievaldo Viana e o ilustrador Jô Oliveira. Para a obra, os dois se reuniram para transportar mais uma história clássica para o universo estético do cordel. Influenciados pelas obras dos Irmãos Grimm, a dupla traz para os pequenos leitores “João Bocó e o ganso de ouro”, história que reconta em ritmo de sextilhas (estrofes de seis versos) a fábula do rapaz simplório e de bom coração que tem sua vida transformada quando ganha uma ave mágica com penas de ouro.

Nesta versão sertaneja do conto alemão, o cordelista faz as figuras tradicionais do rei e da princesa dividirem a cena com personagens que remetem ao Nordeste rural – o padre, o sacristão, os camponeses –, enquanto o traço e o colorido das ilustrações de Jô Oliveira sublinham o estilo do Sertão nordestino: chapéu de couro e alpercatas são o uniforme de João Bocó, o herói cordial deste livro que é uma aula de cultura popular brasileira para as crianças.

Sobre autor e ilustrador

O autor Arievaldo Viana nasceu em Quixeramobim em 1967. É poeta, radialista, ilustrador e publicitário. Já publicou mais de 100 histórias em cordel, e junto com Jô Oliveira lançou O coelho e o jabuti (Globinho, 2011) e A peleja de Chapeuzinho Vermelho com o Lobo Mau (Globinho, 2011). Já o ilustrador Jô Oliveira nasceu na Ilha de Itamaracá em 1944. É quadrinista e ilustrador, com livros publicados no Brasil, na Argentina, na Grécia e na Itália. Em 2004 foi premiado com o Troféu HQ Mix na categoria “Grande Mestre”.

Responder