Fim de ano cada vez mais próximo e a Agenda de Curitiba com Crianças da querida Gisa Hangai do blog Mãe Bacana não deixaria de estar aqui!

Curitiba com Crianças _01_espaço-depositoPara passar o dia no “quintal”

O Restaurante Espaço Depósito possui um pátio enorme que dá a sensação de que você está no quintal de casa. Nos fins de semana, das 12h às 16h, oferece um serviço de recreação infantil gratuito. São jogos, brincadeiras e oficinas culturais, buscando recuperar brincadeiras antigas e incentivar o contato com a natureza. A recreação é recomendada para crianças de 3 a 12 anos, mas menores podem participar acompanhados dos pais. O restaurante é especializado em carnes, mas também serve papinhas para crianças de até um ano de idade.

Local: Restaurante Espaço Depósito

Curitiba com Crianças _02_mercadosalPara ter muitas opções

O Mercado Sal é um espaço gastronômico que oferece mais de 40 opções de restaurantes em contêineres. Tudo pensado para você curtir a família e os amigos com muita música, gastronomia, chopes artesanais, drinks, atividades para as crianças e muito mais.

Local: Mercado Sal

 

Curitiba com Crianças _03_teatro-do-piaPara levar piá ao teatro

Com programação todos os domingos, em novembro tem Chapeuzinho Vermelho (11 e 18/11) e Os Três Porquinhos (25/11) e Kamishibai, uma técnica de contação de história milenar japonesa feita através de teatro de papel onde o palco é instalado no porta bagagem de uma bicicleta.

Gratuito

Horário: domingos – Kamishibai às 10:30 | Peça teatral às 11h

Local: Teatro do Piá

Curitiba com Crianças _04_patio-batelPara escorregar no clima do Natal

O Natal já está por todo lado. E no Pátio Batel ele tem atrações extras! Além da decoração com tema “Fábrica de Brinquedos do Noel”, mini-carrossel, trenzinho e um tobogã de 12 metros animam a visita ao Bom Velhinho do Shopping. AH! E ainda, nos dias 27/11, 04, 11 e 18/12 tem Parada de Natal, sempre às 3ª às 21h.

Gratuito 

Local: Pátio Batel

Por Gisa Hangai – mãe dos gêmeos Lucas e Mateus e autora do blog Mãe Bacana, que encontrou na vida com filhos a vontade de escrever, sabendo que na maternidade não há perfeição, mas que é possível levar uma vida bacana!

 

Responder