Com um talento nato para organização, a Gisa Hangai, do blog Mãe Bacana e da Cookieria Bacana, divide conosco algumas dicas práticas para organizar a festa em casa. Vem ver!

Chegou a hora de comemorar e você decidiu que a festa do seu filho vai ser em casa. Então é preciso organização para que tudo saia do seu gosto e você não fique tão estressada(o).

Fazer festa em casa pode ser muito cansativo, mas no final, vale a pena. Porque o importante não é o tamanho da festa, a quantidade de pessoas ou a pompa e sim a sua alegria, do seu filho e dos seus convidados. Por isso, pesquisamos todos os itens importantes para que você possa organizar a sua festinha e assinar embaixo. Existem diversos sites que oferecem gratuitamente todo o layout de diversos temas. Basta um click na web e você encontra itens incríveis que você pode imprimir, cortar e montar.  

Definindo o dia e horário da festa

A escolha da data é muito importante para que o maior número de convidados participem. Se a criança faz aniversário nas férias escolares, no final do ano ou no meio de um feriadão é preciso contatar os amigos para confirmar presença antes da organização da festa. Se o aniversário for num dia de semana o ideal é transferir para o final de semana. O horário vai depender da idade da criança. Se for muito pequena, procure respeitar a hora do soninho para que ela não fique tão cansada.

Definindo o tema

Quando a criança vai festejar seu primeiro aniversário é comum os pais escolherem o tema circo (ouvi dizer que dá sorte e segui essa decoração), mas quando a criança já é maior o que vale é seguir seus personagens preferidos ou inovar escolhendo temas bacanas como festa vintage, pirata, rock ‘n roll, bombeiros, policial…. Com o tema definido, você decide os convites, a decoração, as brincadeiras e as lembrancinhas.

Definindo o local da festa

Casa, apartamento, salão de festas, casa dos avós… O local escolhido possibilita ou impossibilita muitas outras decisões, como a quantidade de pessoas convidadas ou a meteorologia, por exemplo.

Definindo a lista de convidados e convite

Temos uma enorme vontade de festejar com muitas pessoas, mas às vezes isso não é possível. Por isso siga o que está ao seu alcance e não se preocupe com o que as pessoas vão pensar. Essa preocupação é comum e faz muitas pessoas desistirem de festa. Muitas pessoas tem investido boa parte do orçamento em educação e viagens e comemoram de forma mais simples. Normal! Definido a lista, defina o tipo de convite, que pode ser impresso ou online. Convites online são fáceis de fazer e enviar. Basta encontrar o tema desejado e personalizar as informações. 

Organizando festa em casaDefinindo a decoração 

Balões, mesa do bolo, mesa de guloseimas, mesa dos convidados, caixa de presentes… A decoração da festa em casa pode contar com louças da mamãe e brinquedos da própria criança. Fica charmoso e original! Você ainda pode contar com a ajuda de profissionais especializados que vão saber como melhor aproveitar o espaço e o que você tem disponível. 

 

Definindo a lembrancinha 

Hoje temos inúmeras opções para se inspirar, fazer em casa ou terceirizar. Os preços variam muito. Há quem opte por uma guloseima ou um presente. É possível dar uma lembrança legal, mas é preciso pesquisar. Você pode contar com empresas especializadas e personalizar tudo. A carioca Ideias e Kits é uma dessas empresas que faz não só as personalizações mas pode ajudar em toda a produção. A KIDS in já falou dela AQUI.

Definindo o cardápio e bebida 

A comidinha das crianças depende da faixa etária. Para os bem pequeninos é legal ter uma opção bebê, como uma sopinha e um suco natural. Para os maiores os tradicionais doces, salgados, pipoca, hot dog e hambúrguer. Durante a festa vale algumas guloseimas, afinal a festa é de criança. Espetinhos de frutas são ótimas opções para os convidados que gostam de comidinhas saudáveis. Há quem goste de um agradinho para os adultos e opte por servir alguma opção diferente. Brusquetas, pizza, aperitivos de carne ou massas são opções que agradam a todos. Dê preferência para tudo que puder comer com as mãos ou em pequenas porções individuais. Quanto a bebida é bacana ter mais de uma opção para todos os gostos. Algumas crianças não tomam refrigerante, então é importante ter água, suco, água de coco e chá. Bebidas alcoólicas depende de você. Há quem goste de servir cerveja, caipirinha ou vinho combinando com o cardápio escolhido. Se não souber calcular a quantidade de comida e bebida busque na web por cálculo de comida e bebida em festas que vai resolver rapidinho.

 

Definindo a trilha sonora 

Festa de criança por si só já é barulhenta. Uma boa opção são as músicas da Palavra Cantada, Balão Mágico e Saltimbancos para crianças de até 7 anos. Para os maiores é importante seguir o gosto deles. Faça uma playlist e deixe tocar.  Agora se você contratar recreadores, talvez o som já faça parte do pacote, com brincadeiras acompanhadas de um violão.

 

Definindo as brincadeiras 

Boas opções existem, mas depende do orçamento e da faixa etária das crianças. Mágicos são ótimas opções para as crianças cima de 5 anos. Recreadores com pacotes de brincadeiras como: contração de histórias, pintura no rosto, gincanas e violão também são legais. Oficinas de artes e gastronomia também são divertidas, mas se optar por elas pense em quem vai comandar os apetrechos de pintura e culinária. Para festas pequenas as oficinais podem ser a grande atração e não precisar de mais nada. 

Se orçamento for baixo algumas brincadeiras podem ser realizadas por algum integrante da família como: caça ao tesouro, pega-pega, esconde-esconde, amarelinha e cabo de guerra. Karaokê também pode ser uma saída para divertir e interagir com os convidados.  

 

Definindo a fotografia

Se há na família ou entre os amigos alguém que faz o trabalho de fotógrafo, aproveite! Hoje a fotografia faz parte do hobbie de muita gente e essas pessoas querem motivos para fotografar. Caso contrário invista num profissional e relaxe. Certamente você terá ótimas recordações. 

 

Um dos pontos mais importantes de uma festa em casa é a organização antecipada. Deixe tudo pronto e conte com a ajuda de algumas pessoas. Se puder contratar recreadores, animadores, garçom e uma auxiliar tudo fica muito mais fácil e você aproveita melhor a festa. As festas em casa tem um charme todo especial. Existem famílias tão festeiras que os próprios parentes se ajudam. Isso é bom demais!

Por Gisa Hangai – mãe dos gêmeos Lucas e Mateus e autora do blog Mãe Bacana, que encontrou na vida com filhos a vontade de escrever, sabendo que na maternidade não há perfeição, mas que é possível levar uma vida bacana!

Crédito fotos: Ideias e Kits

Responder