A Monica Rentroia é jornalista e autora do blog A casa do Pedrinho. Nele ela conta suas aventuras (e algumas desventuras) nessa grande viagem que é a maternidade. E como a dupla adora viajar, Monica separou aqui algumas preciosas dicas para curtir as férias e viajar tranquilamente com as crianças. Vem conferir!

A primeira viagem de avião do Pedrinho (7 anos) foi com 1 ano e 4 meses, mas antes disso, ele já havia pego a estrada comigo para ir até a casa do vovô e da vovó no interior de São Paulo. Desde então não paramos mais de viajar:  já são 37 viagens, portanto, tenho muitas dicas para compartilhar com vocês, que facilitarão o trajeto principalmente.

férias com monica rentroia

Manter a criançada entretida durante uma viagem de avião não é tarefa fácil. E é preciso imaginação por parte dos pais para deixá-las tranquilas e aproveitar a viagem.

Se preparando para as férias

Comece a preparar as coisas alguns dias antes de viajar. Vá juntando o que precisa levar à medida que se lembra, e colocando tudo num lugar só.

A primeira coisa a fazer é uma pequena lista dos brinquedos preferidos do seu filho e os inclua na bagagem. Só não se esqueça de dar preferência aos brinquedos silenciosos e explique para a criança que esse é um critério na arrumação, para não incomodar os demais passageiros.

Carregar bebês em uma viagem é o de menos: eles não são lá muito exigentes, dormem bastante, não precisam de um cardápio variadíssimo. O problema é a tralha necessária para cuidar deles. Já os maiorzinhos, precisam de entretenimento e um lanchinho a mais.

Agora, que o Pedrinho está maior, brincamos de caça palavras, de desenhar, joguinhos eletrônicos sem som, e, antes da viagem, baixo uns filmes da Netflix no iPad, assim, ele fica bem entretido.

Viajando de carro

férias com monica rentroia - pedro-1-224x300

Se a viagem for de carro, há mais espaço para bagagem, por isso, leve um trocador portátil, carrinho e bebê-conforto para os bebês.

A distância a ser percorrida é essencial para tornar a viagem menos cansativa, no inicio eu preferia os locais mais próximos, para evitar qualquer tipo de estresse e cansaço. Mas se a viagem for longa, faça pausas a cada 2h para alimentar, trocar o bebê e tomar um ar.

A definição do local da viagem deve levar em conta a infraestrutura do hotel e dos locais de passeio. Parques temáticos, em geral, contam com atrações para a família toda e infraestrutura para os pais trocarem as roupas e fraldas dos bebês. Orlando, nos Estados Unidos, que abriga os parques da Disney, Universal, entre outros; e Penha, em Santa Catarina, que é morada do Beto Carrero World, são boas opções.

Não esqueça de viajar com a documentação em ordem. Assim como os adultos, as crianças precisam de documentação para viajar.

Bom, com essas dicas acho que ajudei um pouco. Bora ir atrás do seu destino e fazer das suas férias algo inesquecível.

Saiba mais sobre minhas viagens no instagram @viajandocompedrinho , no Youtube e no blog www.acasadopedrinho.com

Monica Rentroia é jornalista. Quando ficou grávida, sua vida ganhou novo sentido e assim, pouco depois do nascimento do filho, nasceu também o blog, A Casa do Pedrinho, onde ela passou a compartilhar o desenvolvimento, descobertas, medos e alegrias além de dicas de viagem, lazer, saúde e bem-estar para as famílias. Pedrinho hoje tem 7 anos!

Responder