O feriado de Páscoa e Pessach estão chegando e a querida Monica Rentroia, do blog A casa do Pedrinho, compartilha dicas incríveis para uma viagem segura com as crianças. Confere só!

Com a chegada da Páscoa queremos viajar com a família, mas ficamos preocupadas com os pequenos, ou seja, como em qualquer viagem, exige um planejamento a ser feito.

Por isso, trouxe algumas dicas para uma viagem segura com as crianças:

  1. Escolha do destino de viagem

O cuidado já começa aqui. É preciso escolher um destino que os pequenos gostem, que tenha uma boa estrutura para recebê-los e um trajeto confortável (evitando longas viagens de carro ou ônibus, por exemplo). Para eles, praias e parques de diversão são os campeões!

  1. Planejamento dos detalhes da viagem

Hora de fazer a reserva de hotéis, voos e transfers. Se a viagem for de avião, a sugestão é evitar múltiplas escalas ou conexões muito longas, para que a família não comece o feriado cansada. Para os hotéis, vale buscar opções com clube infantil e refeições especiais para os pequenos. Por fim, é preciso pensar em como se locomover pela cidade, como transfer, táxis ou carro alugado. Para a última opção, será necessário reservar o assento infantil para garantir a segurança do passageiro mirim. Confira também os documentos necessários para embarcar e vacinas recomendadas pelo destino.

  1. Pesquisa de passeios e atrações

É melhor não deixar para decidir o que fazer na hora H! A pesquisa é a melhor amiga dos viajantes. Recomenda-se que sejam feitas buscas de atrações e passeios com antecedência, para garantir que os lugares escolhidos estejam abertos à época da viagem e que as crianças não terão problemas com limites de idade. O melhor é fazer uma lista com tudo o que se quer fazer e ir encaixando na programação de acordo com o clima do dia, disposição de todos, etc.

  1. Contratação de seguro viagem


Como longos voos, mudanças de temperatura e dias cansativos podem diminuir a imunidade de qualquer um, é essencial viajar seguro, principalmente quando se está com crianças. Pesquise Planos que têm coberturas para despesas médicas, hospitalares e odontológicas, além de upgrades que garantem indenizações em caso de extravio de bagagem ou cancelamento da viagem.

  1. Lista do que levar

Aqui, a dica é pensar o que será necessário para manter os pequenos tranquilos. Como eles costumam estar habituados a uma rotina, vale levar o pijama favorito, o urso que eles abraçam na hora de dormir, brinquedos para o banho, tablet com vídeos e jogos e mesmo snacks que eles gostem. É importante também lembrar itens que eles precisam no dia a dia, como carrinho e mamadeira.

 

Indo a lugares como praia ou em locais mais movimentados é preciso redobrar a segurança. Além disso, orientar a criança para o caso de se perder é fundamental! Algumas coisas para lembrar:

 -Identifique-as com o nome, endereço e telefone, de maneira bem visível. Se estiver fora do país, escreva na língua local ou em inglês.

– Normalmente, as crianças não sabem passar informações para ajudar a encontrar seus responsáveis. Por isso, o ideal é que elas tenham uma identificação, como pulseiras ou etiquetas pregadas na roupa com o nome, endereço e telefone dos pais.

– Se estiver na praia, mostre para as crianças referências fixas de onde a família está instalada, como uma placa, uma barraca ou um prédio diferenciado. O mesmo pode valer para parques e praças. ou seja, criar um ponto de encontro que seja fácil para a criança visualizar e identificar.

– É recomendável que os pais orientem seus filhos para que eles nunca acompanhem estranhos.

– Não é recomendável que crianças carreguem celulares ou câmeras digitais sozinhas para não atrair a ação de criminosos.

– A criança deve ser orientada também a reconhecer e buscar ajuda com policiais, casos se sintam perdidas ou assustadas.

– Se a criança se perder, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é sempre procurar pela segurança local.

– Nas praias, no caso da criança se perder, é importante buscar ajuda com o salva-vidas ou o corpo de bombeiros.

– Na maioria dos casos, a prevenção é a melhor solução. Andar de mãos dadas com a criança durante os passeios é uma ótima opção. Desta forma, não é possível perdê-la de vista.

 

Aproveitem esses dias em família e bom feriado! 🙂

 

Beijinhos e até a próxima,

Monica Rentroia

Monica Rentroia é jornalista. Quando ficou grávida, sua vida ganhou novo sentido e assim, pouco depois do nascimento do filho, nasceu também o blog, A Casa do Pedrinho, onde ela passou a compartilhar o desenvolvimento, descobertas, medos e alegrias além de dicas de viagem, lazer, saúde e bem-estar para as famílias. Pedrinho hoje tem 7 anos!

Responder

  1. Avatar
    Sonia

    Olá Mônica,
    Quero viajar, por semana em julho, com minhas netas de 8 e 10 anos. Quero um
    local bem próximo a São Paulo, com preço razoavel. Vc tem uma dica para mim?
    Tem que ter piscina aquecida e comidinha muito boa. Elas adoram animais, atividades variadas, passeios pela cidade, jogos de tabuleiro etc.
    Grata
    Sonia, uma avó que ama suas netas Laura e Carol

    1. Avatar
      Monica Rentroia Proprietario del Listado

      Olá Sônia, que delicia viajar com as netinhas.
      Tem alguns perto de SP muito bacanas, que já estive com o meu filho e ele gostou bastante. Vou listar alguns pra te ajudar:
      Hotel Estância Atibainha
      Refúgio Cheiro do Mato Mairiporã
      Hotel Fazenda Mazzaropi
      Taua Hotel Atibaia

      Dá uma olhada no meu Instagram @viajandocompedrinho que tem todos hoteis que já fomos com fotos e vídeos 😀

      Beijos e boa viagem